13 mitos sobre investimentos que você precisa descobrir agora! 

Você sabe quais os principais mitos sobre investimentos e como eles podem afetar sua jornada como investidor? Leia o texto e veja quais são para nunca mais deixar de investir por causa deles!

Anúncios


Os investimentos são frequentemente cercados por mistificações e desinformações que podem desviar investidores inexperientes de tomarem decisões financeiras bem informadas. 

Mitos e crenças infundadas se espalham como ervas daninhas, levando os incautos a decisões precipitadas que podem colocar em risco o seu patrimônio.

Neste texto, desvendaremos juntos alguns dos mitos mais comuns que rondam o universo dos investimentos. 

Então, não deixe de acompanhar e veja algumas máscaras caírem com argumentos sólidos e informações confiáveis. 

Anúncios

1. Mitos sobre investimentos: Investir é apenas para ricos

Muitos acreditam que investir é um privilégio reservado para aqueles com grandes fortunas, mas essa noção é completamente equivocada. 

Atualmente, com a tecnologia e a democratização das finanças, qualquer pessoa pode começar a investir com quantias modestas. 

Plataformas de investimento online permitem que você comece com valores mínimos, por exemplo, R$1, democratizando o acesso ao mercado.

Além disso, há uma variedade de produtos financeiros que se adequam a diferentes perfis de investidores. 

Fundos de investimento, ações fracionadas e até mesmo criptomoedas permitem que indivíduos de todas as faixas de renda participem do mercado financeiro. 

Assim, o mito de que é preciso ser rico para investir está completamente desatualizado.

A realidade é que investir cedo e regularmente, mesmo com pequenas quantias, pode resultar em um crescimento significativo ao longo do tempo graças ao poder dos juros compostos. 

Portanto, não se deixe enganar por essa crença limitante. Comece a investir de acordo com suas possibilidades e objetivos. 

Vamos a um exemplo prático? Confira! 

Imagine que você consiga economizar R$ 50,00 por semana. Investindo esse valor em um fundo de renda fixa com rentabilidade média de 10% ao ano, após 10 anos você terá acumulado cerca de R$ 16.000,00. 

Um bom pé na estrada para realizar seus sonhos, decerto!

2. Mito: Precisa sobrar dinheiro para investir

mitos sobre investimentos

Essa ideia limita o seu potencial de crescimento! Você pode começar investindo pequenas quantias, mesmo que seja o valor daquela mesada extra ou do dinheiro que você economiza do café todos os dias. 

O importante é ter disciplina e constância para construir seu patrimônio a longo prazo.

Então, comece com o que você tem! Separe um valor fixo do seu orçamento, mesmo que seja pequeno, e destine-o exclusivamente para investimentos. 

Com o tempo, você pode aumentar esse valor gradativamente, à medida que sua renda cresce. 

Não espere sobrar dinheiro para começar a investir, coloque esse item na sua lista de despesas com a mesma prioridade de itens essenciais como, por exemplo: conta de água, energia e internet. 

+ O que é orçamento familiar e como elaborar? 

3. Mitos sobre investimentos: Investimentos são muito arriscados

Outro mito comum é que todos os investimentos são inerentemente arriscados e podem levar à perda total do capital investido. 

Embora o risco seja uma parte inevitável dos investimentos, ele pode ser gerenciado e mitigado por meio de estratégias inteligentes e diversificação de portfólio.

Diversificar significa espalhar seu capital por diferentes tipos de ativos, como ações, títulos, imóveis e fundos de índice. 

Essa prática reduz o impacto de um único investimento ruim sobre o seu portfólio geral. 

Além disso, é crucial entender seu próprio perfil de investidor — conservador, moderado ou arrojado — e escolher ativos que se alinhem à sua tolerância ao risco.

Outro ponto importante é a educação financeira. Investir sem conhecimento é como navegar em mar aberto sem um mapa. 

Aproveite os inúmeros recursos disponíveis, como cursos online, livros e conselhos de especialistas, para se informar e tomar decisões mais seguras e eficazes. 

4. A poupança é o investimento mais seguro

Essa crença pode te fazer perder tempo e dinheiro! Apesar da segurança, a poupança oferece um retorno muito baixo, inferior à inflação na maioria das vezes. 

Isso significa que, com o tempo, seu dinheiro perde poder de compra, ou seja, você compra menos com a mesma quantia.

Por exemplo, na poupança, seu dinheiro rende em média 0,5% ao ano. 

Já em um investimento em renda fixa com boa rentabilidade, você pode obter retornos de 10% ao ano ou mais. 

Essa diferença faz toda a diferença no longo prazo!

5. Investir em ações é como apostar em um cassino

A comparação entre o mercado de ações e um cassino é um equívoco que desmotiva muitos potenciais investidores. 

Embora ambos envolvam algum nível de risco, o investimento em ações é fundamentado em análise financeira e econômica, ao contrário dos jogos de azar, que dependem exclusivamente da sorte. 

Investir em ações significa se tornar sócio de empresas e compartilhar de seus lucros e perdas. 

Decisões de investimento são baseadas em análises detalhadas de balanços financeiros, desempenho histórico, tendências de mercado e perspectivas futuras. 

Esse nível de análise e previsão distingue claramente os investimentos em ações de apostas em um cassino. 

Fora isso, os mercados financeiros são regulados e supervisionados por órgãos competentes, garantindo maior transparência e segurança para os investidores.  

Ao adotar uma abordagem informada e estratégica, você pode investir em ações com confiança, sabendo que suas decisões são baseadas em dados concretos e não em meros palpites. 

6. Mitos sobre investimentos: É preciso muito tempo para gerenciar investimentos

Muitos evitam investir acreditando que isso exigirá uma quantidade excessiva de tempo e dedicação diária. 

Entretanto, a realidade é que, com um planejamento inicial robusto e a escolha de investimentos adequados, o gerenciamento ativo pode ser bastante reduzido.

Ferramentas tecnológicas, como aplicativos de investimento e robôs de consultoria (robo-advisors), facilitam a administração do portfólio, realizando ajustes automáticos baseados em suas preferências e metas financeiras. 

Sem dúvidas, esses recursos economizam tempo e fornecem suporte para decisões informadas sem a necessidade de monitoramento constante.

Ademais, muitos investidores optam por estratégias passivas, como os fundos de índice, que replicam o desempenho de um mercado específico e exigem muito menos intervenções do que a gestão ativa. 

Dessa forma, você pode investir e acompanhar seu portfólio de forma prática e eficiente.

7. Sou muito velho/novo para começar a investir

A idade nunca é um impeditivo para alcançar seus objetivos financeiros! Cada fase da vida tem suas vantagens e desafios para investir. 

O importante é definir objetivos realistas, escolher os investimentos adequados ao seu perfil e ter um horizonte de tempo compatível com seus planos.

Por exemplo, se você está começando sua carreira, pode investir em renda fixa de longo prazo para garantir sua aposentadoria. 

Agora, se você está próximo da aposentadoria, pode buscar investimentos com menor risco e maior liquidez para aproveitar a vida com tranquilidade. 

8. Mitos sobre investimentos: É preciso ser um especialista para investir

A crença de que somente especialistas podem investir com sucesso é outro mito que impede muitas pessoas de explorar o mundo dos investimentos. 

Certamente, o conhecimento especializado possa ser uma vantagem, não é um requisito absoluto para começar a investir.

Existem inúmeros recursos educativos disponíveis para iniciantes, desde livros e blogs até cursos online e webinars gratuitos. 

Com esses recursos, você pode ou qualquer outra pessoa pode adquirir suficiente para começar a investir de maneira consciente e informada.

A tecnologia também tornou o investimento mais acessível do que nunca. 

Plataformas de investimento simplificadas e robo-advisors oferecem suporte e orientações baseadas em algoritmos, ajudando investidores a tomar decisões bem fundamentadas sem necessidade de expertise avançada. 

Assim, com um pouco de educação e as ferramentas certas, qualquer um pode se tornar um investidor de sucesso.

+ Cursos de investimentos: as melhores opções do momento

9. Quem investe em ações sempre ganha dinheiro

O mercado de ações é dinâmico e apresenta riscos! 

Mesmo empresas com excelentes perspectivas podem ter suas ações desvalorizadas no curto prazo, devido a fatores externos como crises econômicas, mudanças no cenário político ou eventos inesperados. 

A diversificação é a sua melhor arma contra os riscos do mercado de ações. Ao investir em diferentes setores, empresas e classes de ativos, você reduz o impacto de quedas pontuais em um único investimento. 

Fora isso, é fundamental ter um perfil de risco adequado e buscar orientação profissional para tomar decisões conscientes e embasadas.

10. Mitos sobre investimentos: Apenas homens investem bem

O estereótipo de que homens são melhores investidores do que mulheres é uma falácia prejudicial. 

Estudos mostram que mulheres podem ser tão boas, ou até melhores, investidoras do que homens. 

Elas tendem a ser mais disciplinadas, a fazer mais pesquisas e a tomar decisões de investimento mais conservadoras e bem fundamentadas.

As mulheres também demonstram uma menor propensão a negociar excessivamente, o que pode resultar em melhores retornos a longo prazo devido a menores custos de transação e menos decisões impulsivas. 

Inclusive, a inclusão de diferentes perspectivas pode enriquecer as estratégias de investimento e promover uma abordagem mais equilibrada.

É essencial quebrar esses estereótipos de gênero no mundo dos investimentos, incentivando mais mulheres a se envolverem no mercado financeiro. 

Promover a educação financeira e a confiança pode levar a uma maior participação feminina, beneficiando não apenas as investidoras individuais, mas também a economia na totalidade. 

11. Títulos públicos são sempre investimentos seguros

Nem tudo que reluz é ouro!

Títulos públicos, apesar da menor volatilidade em relação à Bolsa de Valores, também apresentam riscos, como oscilações de preços e risco de crédito do emissor. 

É importante analisar o cenário econômico e as características de cada título antes de investir.

Portanto, analise a situação fiscal do governo emissor, a taxa de juros do mercado e o histórico de rentabilidade dos títulos públicos. 

Diversifique seus investimentos em diferentes títulos e busque orientação profissional para tomar decisões conscientes e embasadas. 

12. O Bitcoin e outras criptomoedas são investimentos fáceis e lucrativos

Cuidado com promessas fáceis de enriquecimento rápido! 

O mercado de criptomoedas é altamente volátil e especulativo, com riscos consideráveis de perdas. 

Logo, é crucial investir apenas o que você pode perder e ter conhecimento profundo sobre o mercado antes de se aventurar nesse tipo de investimento.

Estude o funcionamento das criptomoedas, analise os riscos envolvidos e invista apenas o que você pode perder. 

Tenha uma estratégia clara de investimento e busque diversificação para reduzir seus riscos.  

13. Mitos sobre investimentos: Só se deve investir quando o mercado está em alta

Esperar que o mercado esteja em alta para começar a investir é um erro comum e pode resultar em oportunidades perdidas. 

Investir regularmente, independentemente das condições do mercado, é uma estratégia mais eficaz a longo prazo, conhecida como “dollar-cost averaging” (média de custo em dólares).

Essa abordagem implica investir uma quantia fixa regularmente, independentemente do preço das ações. 

Essa ação reduz o impacto da volatilidade do mercado e permite que você compre mais ações quando os preços estão baixos e menos quando estão altos. 

Ao longo do tempo, essa estratégia tende a resultar em um custo médio mais baixo por ação.

Além disso, tentar cronometrar o mercado é uma tarefa arriscada e geralmente ineficaz, mesmo para investidores experientes. 

O importante é manter uma perspectiva de longo prazo e continuar investindo disciplinadamente, aproveitando o poder dos juros compostos para fazer seu dinheiro crescer ao longo do tempo.

+ Inter trade: saiba como funciona e descubra novas oportunidades

Conclusão

Desvendar esses mitos sobre investimentos é fundamental para tomar decisões financeiras informadas e alcançar o sucesso a longo prazo. 

Com conhecimento, estratégia e as ferramentas certas, qualquer pessoa pode se tornar um investidor bem-sucedido.