Financiamento imobiliário Caixa – Conheça

Com o Financiamento imobiliário Caixa, você conta com a possibilidade de obter o seu apartamento ou sua casa dos sonhos.

Anúncios

Nesse sentido, o crédito permite que você obtenha um imóvel novo ou usado.

Portanto, funciona da seguinte forma:

O banco avalia o imóvel e as condições de pagamento.

Dependendo da modalidade do seu financiamento, dá para optar pela carência para começar a amortizar o saldo devedor.

Anúncios

Durante o período, você paga somente os prêmios de seguro MIP e DFI, além da tarifa de administração do contrato mensal se decidir pela contratação no SFH que é o sistema financeiro da habitação.

Dessa forma, a atualização monetária, os juros e a amortização, suspensas durante a fase de carência, serão incorporadas ao saldo devedor do contrato.

Assim, prossiga a leitura para conhecer mais sobre o Financiamento imobiliário Caixa e quais os seus diferenciais.

Conhecendo a empresa

O Banco do Brasil é uma instituição financeira que surgiu no ano de 1808 com o intuito de atuar no setor público.

Hoje, além de trabalhar neste setor, o banco também oferece produtos e serviços para pessoas físicas e jurídicas.

Portanto, dentre os segmentos de atuação do BB, podemos mencionar os meios de pagamento, consórcio, capitalização, previdência, seguros, gestão de recursos e investimentos.

Principais diferenciais do Financiamento imobiliário Caixa

  • Conte com até 35 anos para pagar pelo crédito;
  • Faça a simulação e saiba todas as condições antes mesmo de contratar;
  • Solicite de forma simples por meio da internet.

Quem pode obter?

Apesar de a empresa não informar o público exato ao qual o empréstimo é designado, é importante destacar o seguinte:

Um dos requisitos é que a parcela do financiamento pode ser de até 30% da renda familiar bruta. 

Além disso, fique atento aos documentos necessários para contratar o Financiamento imobiliário Caixa:

Documento oficial de identificação e comprovante de renda atualizado, emitido no máximo há 2 meses.

Para uso do FGTS, apresente a última declaração do Imposto de Renda e o recibo de entrega à Receita Federal.

Bem como, carteira de trabalho ou exato de FGTS.

Quanto aos documentos do imóvel, entenda que o banco precisa da certidão atualizada de inteiro teor da matrícula.