Fraude em cobrança: o golpe do boleto e outros

Fraude em cobrança, também conhecido apenas como golpe, é um tipo de crime tão comum no Brasil que você ou já sofreu um ou tem pessoas próximas que tiveram esse infortúnio em sua vida.

Anúncios

No entanto, ter ideia do que é uma fraude em cobrança e saber quais golpes são mais comuns é um ótimo caminho para lidar com esses atos criminosos.

Portanto, para saber mais sobre as fraudes de cobrança, continue essa sua leitura!


O que é uma fraude em cobrança?

Em primeiro lugar, é interessante conceituar o que é uma fraude em cobrança para que, só então, explicar quais golpes mais comuns e como se proteger deles.

No entanto, é bom considerar que fraudes estão sempre relacionadas ao ato de não entregar um produto, serviço, rendimento e mais. No mercado financeiro, existem várias possibilidades, por exemplo.

Portanto, sobre a conceituação você pode considerar que fraudes de cobrança são todas tentativas de obter vantagem financeira sobre qualquer tipo de pessoa. Ou seja, alguém faz uma promessa tentadora para você, que precisa dar algo antes, e não cumpre.

Anúncios

Outros nomes, alguns mais populares do que outros, para fraude, são: golpe, engano, trapaça e cilada.


Quais o tipos de fraude em cobrança existem?

Talvez  você nunca tenha sofrido com uma dessas fraudes em cobrança, contudo, também é muito provável que já tenha conversado ou conhecido com alguém que teve a má sorte de ter passado por isso.

No entanto, ao ter o mínimo contato que seja com uma vítima, com toda a certeza já percebeu que existem tipos diferentes de golpes. Portanto, essa é uma lista de alguns dos mais comuns golpes da praça.

  • Clonagem de Cartão
  • Roubo de Dados
  • Empréstimo Falso
  • Boleto Falso

Cada fraude é feita de um jeito podendo acontecer através do telefone, da  internet ou outros canais. Desta forma, fique atento para não correr risco de cair em nenhum deles.


Clonagem de Cartão

Esse golpe costuma acontecer quando o criminoso utiliza os dados de um cartão de crédito, ou débito e os insere em outro. Desta forma, várias compras são feitas e, quem receberá as cobranças é a vítima.

É um dos golpes mais comuns e acontece quando seu cartão tem seus dados copiados – geralmente quando não há a presença da tecnologia de chips no cartão. 

Portanto, fique muito atento, pois você pode ser vítima dessa fraude em cobrança no próprio caixa eletrônico. Nesse caso, os criminosos inserem um pequeno aparelho (skimmer) na entrada do cartão que é capaz de roubar seus dados.


Roubo de Dados

Esse golpe ocorre através de ligações falsas de instituições financeiras ou, algum fator que inspire confiabilidade. Contudo, também pode ocorrer via internet, uma vez que você coloque suas informações em sites perigosos.

O ‘macete’ que os golpistas usam durante a tentativa de fraude em cobrança através do telefone é o oferecimento de uma promoção incrível (como um plano de celular) e então, pedir que você fale todos os seus dados para uma confirmação dos mesmos.

No entanto, quando se trata de modalidade online, o golpe acontece quando você entra em um site falso, porém idêntico ao de uma loja conhecida e coloca seus dados para fazer um login, ou para efetuar uma compra. Ao fazer isso, seus dados são roubados imediatamente.

Um detalhe interessante, é que esse tipo de fraude também é chamado de phishing.


Empréstimo Falso

Esse tipo de fraude em cobrança ocorre quando é exigido que a vítima pague um valor antecipado para que o empréstimo possa ser liberado. No entanto, essa prática é proibida, portanto nenhuma instituição financeira confiável fará. Fique atento.

Portanto, em casos como esses, fica claro que a instituição financeira, ou fintech que faz tal cobrança não existe, por isso, nunca pague nada antecipadamente ao fazer um empréstimo.


Boleto Falso

Este é o tipo de fraude em cobrança mais comum e famoso que você encontrará na praça. O golpe consiste em gerar um boleto quase idêntico ao verdadeiro e enviá-lo para a vítima pagá-lo.

Os boletos mais fraudados costumam ser aqueles relativos a cobranças de energia, consumo de água, internet, telefone e, alguns gerados através de mecanismos de e-commerce.

A fraude acontece quando você recebe um email informado que há uma cobrança atrasada  e que juros começarão a ser somados ao valor original. Você pode não ligar e perceber que é um golpe, contudo, algumas pessoas não percebem e é aí que caem na fraude.

Duas dicas que podem ajudá-lo a evitar passar por isso são: nessas situações, o ideal é conferir os dados do beneficiário para ter certeza de que se referem à loja ou à empresa. E, se possível, optar por boletos gerados diretamente e, imediatamente, do site original.


Como se proteger de fraudes em cobrança como o Golpe do Boleto?

Para se proteger de fraudes em cobranças, em especial do golpe do boleto, você precisa tomar alguns cuidados. No entanto, não se preocupe, não é nada muito complicado de se fazer e você precisa, principalmente, manter sua atenção em alguns pontos.

Por exemplo, nunca clique em links sem saber sua procedência. O ideal é somente clicar em links verdadeiros. Portanto, evite acessar aqueles que vêm por e-mail, em anúncios. E, caso tenha dúvida, entre em contato com a empresa de origem.

Entretanto, a pesquisa da reputação das empresas que oferecem serviços financeiros é uma ótima opção para prevenir fraudes em cobrança. A pesquisa pela empresa ou instituição financeira deve ser feita antes da compra, em sites como o Reclame Aqui.

Além disso, esteja atento aos indícios de que o site é seguro. Os sites verdadeiros trazem dispositivos de segurança. Verifique se há um cadeado no canto esquerdo da barra de URL.

Conferir as certificações de segurança usadas, geralmente, na parte inferior da tela ou na política de segurança é um outro detalhe que vale estar atento.

Por fim, fique atento às ligações que recebe, nunca dê seus dados em uma delas e procure sempre estar atento.


Conclusão sobre fraude em cobrança

Em resumo, para lidar com as fraudes em cobrança você precisa entender o que elas são,  ter uma noção sobre quais são seus exemplos mais comuns aos quais está exposto e, tomar algumas precauções.

Portanto, ao fazer tudo isso, você estará um passo mais próximo de estar protegido, totalmente, de cair em algum golpe. Mas não deixe de ficar atento, pois basta uma brecha, para ser mais uma vítima.


Escrito por Rodrigo Carvalho

Publicitário e Redator que gosta de escrever sobre tudo.