Banco Digital e alta renda: os bancos digitais também podem atender a alta renda?

Banco digital e alta renda combinam muito bem. Apesar disso, não são todas as fintechs que proporcionam esse serviço que por enquanto, ainda é mais ligada a instituições financeiras mais tradicionais.

Anúncios

Para saber um pouco sobre o assunto e descobrir alguns exemplos desses bancos digitais que atendem a alta renda, continue essa leitura!


Banco digital e alta renda

Em primeiro lugar você precisa saber que as instituições financeiras e fintechs no geral possuem uma agenda. Isto é, eles se programam para investir em um público alvo em especial – às vezes mais de um.

Contudo, você não precisa procurar uma instituição financeira que priorize o público alvo do qual você faz parte (no caso, a alta renda) para ter serviços que sejam compatíveis com seus gastos ou estilo de vida.

A grande maioria das instituições financeiras possuem serviços para classes sociais mais abastadas. Por isso saiba, banco digital e alta renda combinam muitíssimo bem.

Você com certeza já viu eles por aí, um exemplo, é a bandeira American Express, geralmente usada por pessoas que têm maior poder aquisitivo. 

Anúncios

Entretanto, o tipo de cartão também pode identificar um serviço especializado para a alta renda. Cartões Gold, Platinum ou Black são exemplos disso.


Exemplos de bancos digitais para a alta renda

Agora, se você está em busca de exemplos práticos do que você encontrará se procurar, posso te mostrar três bancos digitais especializados na alta renda.

O primeiro é o C6 Bank que oferece opções de personalização em sua conta, e do seu próprio cartão. Contudo, o que o C6 possui e melhor é seu ambiente sofisticado ideal para usuários que buscam um estilo de vida diferenciado.

O segundo é o BTG + Pactual que tem um histórico robusto de atuação com o segmento de alta renda. Alguns modelos permitem a otimização bem pessoal da lista de benefícios do cartão, além da personalização do visual do próprio.

Além disso, é super recomendado indicar o ponto forte dele: o investimento. O BTG tem quase que foco integral no setor de investimentos para pessoas da alta renda.

E, o terceiro mas não menos importante é o AgZero, fintech digital do banco Safra, que foi criado pensando no público de alta renda. Aqui você encontra benefícios bem legais, como anuidade zera, assistência digital, pix entre outras vantagens.


Conclusão

Apesar desses exemplos, você vai encontrar várias outras instituições financeiras com serviços para a o público de alta renda.

No entanto, vale ressaltar que apesar de serviços parecidos, cada banco possui seu diferencial, portanto é interessante que você pesquise bem antes de se tornar correntista – ou investidor, de um.


Escrito por Rodrigo Carvalho

Publicitário e Redator que gosta de escrever sobre tudo.