Anúncios

Conta bancária – Conheça todas as opções e defina a melhor

Quando a pessoa é capaz de diferenciar cada conta bancária que existe no mercado, ela começa a economizar.

Anúncios

Isso ocorre porque alguns clientes mantêm determinadas contas e precisam pagar por serviços que nem usam.

Anúncios

Outros mantêm uma conta muito simples e no momento em que precisam de um serviço adicional, pagam tarifas muito altas.

Seja qual foi o caso, se você tem o intuito de cortar os gastos desnecessários do seu planejamento financeiro, conheça as alternativas de conta e saiba definir a melhor: 

Conta corrente padrão (gratuita)

Provavelmente você não sabe, porém o Banco Central exige que toda a instituição financeira disponibilize ao menos 1 tipo de conta sem tarifa.

Portanto, a conta tem um pacote mínimo de serviços gratuitos, apesar de ser permitida a cobrança de serviços adicionais.

Anúncios

Aliás, este tipo de conta bancária também tem taxas de juros e multas caso fique negativada por meio do cheque especial, por exemplo.

Assim, o pacote mínimo conforme o Banco Central, deve conter o seguinte:

  • 10 folhas de cheque por mês e a consulta pela internet;
  • 2 transferências bancárias entre as contas da instituição;
  • 2 extratos bancários por mês;
  • 4 saques;
  • Cartão na função de débito.

Conta corrente paga 

Ao verificar os serviços acima e notar que você usa mais, pode ser que a conta paga com pacotes padronizados seja mais adequada.

Nesse sentido, há duas versões principais:

A primeira seria a conta em que ao exceder o número de transações, é necessário pagar por tarifas de forma individual.

Anúncios

Em segundo lugar, há a conta bancária com mensalidade, em que está incluída a cesta de serviços.

A segunda opção é interessante para os que fazem muitas transferências, tendo em vista que um simples DOC ou TED, custa cerca de R $10.

Uma dica muito boa é que você faça o teste da Proteste (Associação Brasileira de Defesa do Consumidor) a fim de comparar os valores de cada banco.

Como resultado, dá para entender qual o melhor pacote de serviços conforme o seu perfil.

Sendo assim, defina o perfil (básico, moderado ou frequente, conforme o número de transações que faz), bem como as instituições financeiras que pretende comparar.

Para que você tenha uma base, conforme uma consulta feita no ano de 2017, os valores para uma pessoa com perfil moderado estavam entre R $192,00 a R $266,40 ao ano.

A consulta comparou os cinco principais bancos do Brasil: Santander, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Itaú.

Conta bancária Salário 

Por outro lado, esta conta é aberta por iniciativa e solicitação do empregador a fim de pagar o salário do seu funcionário.

Ou seja, a conta não é de depósitos à vista porque o cliente recebe depósitos somente do empregador, além disso, não tem cheques.

Caso você precise receber soldos, proventos, vencimentos, pensões e aposentadorias (com exceção do benefício do INSS), a conta é indicada.

Conta Poupança 

Em quarto lugar, há a opção de conta para os que pretendem poupar o dinheiro.

Por isso, a conta não serve para o recebimento de salário e a movimentação é restrita.

Isto é, a pessoa pode fazer somente 2 transferências, 2 saques e ter 2 extratos por mês.

Uma característica interessante é que os bancos são proibidos de cobrar qualquer tipo de tarifa ou taxa por uma conta poupança.

Fique muito atento porque nem a abertura ou a manutenção podem ser cobradas.

Conta bancária digital 

Assim como a conta normal, a digital possibilita a realização de transferências, recebimento do salário, saque de dinheiro, bem como, o pagamento de contas e boletos.

Em alguns bancos, dá até para contar com o rendimento do dinheiro por mais que esteja parado.

Mas, quais seriam as diferenças entre uma conta tradicional e uma digital?

No geral, para os que têm a conta digital, não há interação com operadores de caixa ou gerente a fim de realizar qualquer função básica como uma transferência.

Como solução, as funções podem ser feitas por um caixa eletrônico, app do banco ou internet banking.

Apesar disso, vale diferenciar a conta bancária digital de um banco que atua 100% no ambiente online e uma conta digital de uma instituição tradicional.

A conta digital de bancos online tem por desvantagem a falta de agência física.

Como resultado, qualquer problema que você tiver, deverá ser resolvido por um canal de atendimento online ou por telefone.

No entanto, há benefícios como o rendimento melhor que o da poupança, isenção total de tarifas e possibilidade de gerar um boleto para fazer depósito na conta.

Já a conta digital de um banco tradicional como o Itaú ou o Banco do Brasil, tem a vantagem de ter uma agência física para resolver algumas questões, além de todo o suporte online.

Porém, fique atento porque nem todas são contas 100% digitais, sendo essencial checar antes de contratar.

Conta bancária para estudantes ou universitários

Por fim, a conta para estudante funciona como uma conta padrão, embora tenha taxas inferiores.

Em alguns casos, a conta universitária tem até a isenção total.

Por exemplo, diversas cooperativas de crédito e bancos não cobram pela manutenção ou dão um desconto na mensalidade.

Geralmente este tipo de conta é voltado para estudantes de 17 a 24 anos que precisam fornecer prova de matrícula ativa em uma universidade, faculdade ou escola secundária para fazer a abertura.

Requisitos para abrir uma conta bancária

Normalmente a empresa exige que o cliente tenha mais de 18 anos.

Para os menores de idade com 16 a 18 anos incompletos, é necessário o acompanhamento de um responsável legal a fim de fazer a abertura.

Somente um emancipado legalmente poderá abrir a conta sem um maior de idade responsável.

Também é comum a solicitação de um comprovante de renda no momento da abertura como o holerite, carteira de trabalho, contrato de estágio, entre outros.

As instituições também solicitam um documento de identificação com foto como o RG, Carteira de Motorista (CNH) ou Registro Nacional de Estrangeiro (RNE), para os estrangeiros.

Por fim, é necessário apresentar o comprovante de residência como uma conta de água, luz, telefone ou gás.

Negativados podem abrir a conta?

No geral, é mais difícil que uma pessoa inadimplente em órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, abra uma conta bancária.

Isso ocorre porque juntamente com a conta, alguns bancos disponibilizam o crédito pré-aprovado ou um cartão de crédito.

E como há o risco de inadimplência, a abertura da conta se torna desvantajosa para o banco.

Mas, não se preocupe!

Há empresas especializadas em produtos e serviços para negativados!

Conclusão 

Como dica final, jamais deixe a sua conta inativa!

Alguns clientes pensam que para fechar a conta bancária, basta retirar todos os fundos.

Mas, esta é uma atitude muito arriscada porque a conta é encerrada somente quando você solicita isso ao banco.

De acordo com o Banco Central, a instituição é obrigada a avisar o consumidor que não movimenta a sua conta em 90 dias.

E caso a inatividade dure 6 meses, a instituição poderá encerrar, conforme a sua política.

No entanto, durante todo o período, se houver a cobrança de manutenção, por exemplo, você terá que pagar normalmente.

Por isso, para acabar com a dor de cabeça, não deixe a conta sem atividade quando não precisar mais dela, basta solicitar o encerramento.

Escritor por Luciana Sampaio

Estudante de engenharia da computação, entusiasta de novas tecnologias e da escrita, encontrou no Jornal útil a oportunidade de escrever sobre temas do seu interesse que englobam o mercado financeiro.