Anúncios

Chargeback – Entenda como funciona a reversão de pagamentos

O chargeback ocorre quando uma cobrança é contestada pelo titular de um cartão de crédito e logo em seguida o valor é devolvido.

Anúncios

Esta é uma solução aplicada em diferentes situações e deve ser entendida por todos os consumidores.

Anúncios

Prossiga e saiba mais detalhes.

Quando ocorre o chargeback

É interessante que citemos um exemplo para o melhor entendimento:

Suponhamos que você tenha notado um lançamento errado na fatura, isto é, a cobrança de um item que não comprou.

Logo após notificar o banco, ele deve em conjunto com a rede de bandeira do cartão, entrar em contato com o adquirente, que por sua vez, será responsável por informar para a loja sobre a necessidade de devolver o seu dinheiro.

Anúncios

Sendo assim, nota-se que o chargeback ocorre em 91% dos casos por contas de fraudes.

Isso ocorre quando falamos sobre as compras feitas no ambiente digital.

O desacordo comercial representa 7% dos casos, ou seja, quando os termos de compra não são respeitados e o consumidor pode obter o dinheiro de volta.

Anúncios

Por fim, 2% correspondem a outras situações, como duplicidade, momento em que a mesma transação é cobrada duas vezes.

Qual é a diferença entre estorno e chargeback? 

Tendo em vista que os dois termos tratam de devolução do seu dinheiro, pode ser que ocorra uma confusão entre eles, mas algumas características os diferenciam.

Em grande parte dos casos, o estorno ocorre quando o varejista devolve o dinheiro ao consumidor através da plataforma de processamento de pagamentos.

E os motivos para o estorno são diversos, como a desistência de compra e a devolução de determinado serviço.

No caso do chargeback, a contestação deve ser feita pelo próprio cliente ou pelo banco, por isso, não há um contato com a loja para cancelar a compra.

Quando não posso cancelar uma compra feita com o cartão?

Não reconhecimento da compra, arrependimento (dependendo da antecedência), cancelamento de passagens aéreas, não recebimento do produto ou serviço, bem como, cobrança indevida, são algumas das situações em que o chargeback é válido.

Porém, se você tiver dificuldades para efetuar o pagamento das compras, não será possível realizar o cancelamento.

Outro caso em que a compra não pode ser cancelada seria quando o cliente empresta o seu cartão e o amigo ou familiar não paga na data prevista.

Estas são situações em que o adquirente não pode exigir que a compra seja cancelada e o seu dinheiro devolvido.

Como faço para receber o dinheiro de volta de uma compra cancelada? 

No geral, com o chargeback a devolução do seu dinheiro é feita por meio do crédito na fatura.

Dessa forma, caso você tenha pago a fatura com a compra que foi cancelada, o crédito serve para abater compras que serão feitas futuramente.

É interessante que você entenda que a devolução do dinheiro não é feita de forma instantânea.

Assim, pode levar até duas faturas a fim de ser processado.

Seja qual for a situação, saiba que você precisa exigir o comprovante.

Escritor por Luciana Sampaio

Estudante de engenharia da computação, entusiasta de novas tecnologias e da escrita, encontrou no Jornal útil a oportunidade de escrever sobre temas do seu interesse que englobam o mercado financeiro.