Líbano pede ajuda à medida que incêndios florestais se espalham

0
201

O Líbano pediu ajuda internacional para combater centenas de incêndios florestais que eclodiram na segunda-feira e se espalharam para o exterior.

As chamas – as piores em décadas – começaram nas montanhas ocidentais do Líbano, em meio a uma onda de calor e ventos fortes.

Fumaça pesada foi vista sobre Beirute e a cidade de Sidon, e um bombeiro voluntário morreu.

Dois trabalhadores florestais também morreram na região noroeste de Latakia, segundo a mídia estatal síria.

Oito mais ficaram feridos nas chamas, informou a agência de notícias Sana.

A polícia de choque equipada com canhões de água foi chamada para a região do Monte Líbano nesta terça-feira, depois que os carros de bombeiros ficaram sobrecarregados.

Não está claro como os incêndios começaram. Mas o primeiro-ministro Saad Hariri teria dito que, se eles fossem intencionalmente, os responsáveis ​​”pagarão um preço”.

Dizem que o bombeiro voluntário morreu na região de Chouf, a sudeste de Beirute. A área é o local da Reserva Natural Al Shouf Cedar, que possui uma grande floresta de cedros no Líbano – a árvore na bandeira nacional do país.

A autoridade de defesa civil do Líbano twittou atualizações regulares sobre a luta contra os incêndios. As unidades do exército e da força aérea estão ajudando em todo o país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here