Técnica Pomodoro: o que é, como usar e vantagens 

Se você costuma procrastinar e com isso vê o dia passar sem cumprir sua lista de tarefas, a Técnica Pomodoro pode te ajudar.

Anúncios

Isso porque, esse método promete auxiliar na gestão de tempo por meio da divisão do período por cronômetros. Mas, será que funciona para todo o mundo?

No material de hoje conheceremos essa proposta, evidenciando seus prós e contras, além da aplicação da técnica. Continue a leitura para conferir!

Conheça a Técnica Pomodoro: uma nova forma de gerenciar seu tempo

Nos dias atuais a ansiedade e a insegurança têm se tornado fatores importantes para o baixo desempenho, seja profissional, nos estudos ou demais áreas da vida.

O fato é que o que muitos chamam de procrastinação, na verdade tem doses relevantes de ansiedade por trás.

Anúncios

Então, se você costuma começar o seu dia com uma enorme lista de tarefas, e termina sem ter cumprido nem metade, é provável que isso tenha se tornado um ciclo vicioso.

Com o tempo essa situação gera uma sensação de insatisfação incômoda, pois acreditamos não ter a capacidade de cumprir com as nossas próprias metas.

Se você se identifica com o descrito, saiba que a Técnica Pomodoro, desenvolvida em 1980 por Francesco Cirillo, promete ajudar nesse desafio.

Isso porque, a Técnica Pomodoro consiste basicamente no fracionamento do tempo em períodos de 25 minutos cronometrados, com 5 minutos de descanso.

Então, na prática você se compromete a dedicar-se pelos 25 minutos a determinada tarefa, e ao final do tempo cronometrado, ganha 5 minutos para relaxar.

A ideia é que, com isso, você possa focar na atividade por ter um tempo determinado para cumpri-la, reduzindo as chances de distrair-se com qualquer outra coisa.

Quais as vantagens da Técnica Pomodoro?

Se você costuma se atrapalhar no dia a dia por acreditar que sempre há tempo para cumprir determinada tarefa, é provável que esteja enfrentando um problema com a capacidade de foco.

Devemos lembrar que nem tudo que ocorre justifica deixarmos nossas tarefas de lado, pois na maior parte das vezes terminaremos o dia sem fazê-las por termos dedicado tempo a coisas irrelevantes.

Então, se o seu maior desafio é saber a hora certa para cada item do seu dia, a Técnica Pomodoro pode te ajudar.

Desse modo, se você determina que tem 25 minutos para tomar banho, por exemplo, certamente evitará perder 10 minutos sentado (a) na cama mexendo no celular antes de, de fato, entrar no banho.

O mesmo vale para tarefas profissionais: quantas vezes procrastinamos tarefas rápidas como mandar um e-mail ou finalizar a edição de um projeto por pensarmos que dará tempo de fazer depois? Estipule 25 minutos para finalizar, e veja a tarefa sumir da sua lista.

Então, uma das maiores vantagens da Técnica Pomodoro é que ela auxilia com a gestão de tempo, sendo benéfica para quem tem dificuldades em definir prioridades e acaba acumulando tarefas.

++Sites para encontrar vagas remotas: conheça as opções – Jornal Útil (jornalutil.com)

E as desvantagens?

A Técnica Pomodoro é realmente interessante, mas, devemos considerar que funciona por um método radical.

Isso porque, você tem 25 minutos para cumprir uma tarefa antes que o tempo “acabe”, e logo terá que começar outra. Para quem tem ansiedade, isso pode não funcionar.

Além disso, devemos lembrar que não somos máquinas, então, por vezes podemos demorar alguns minutos extras numa tarefa, e a técnica propõe um intervalo curto entre os períodos.

Dessa forma, suponhamos que você determinou o seguinte cronograma:

  • 25 min para o banho
  • 5 min de descanso
  • 25 min para ler o texto da faculdade
  • 5 min de descanso
  • 25 min para colocar as roupas para lavar
  • 5 min de descanso

Perceba que nesse cronograma, se você simplesmente demorar 5 minutos extras no banho e 10 minutos adicionais para ler o texto da faculdade, chegará na última tarefa com 15 minutos de atraso. Em um dia cheio de tarefas, esse atraso pode ser muito maior, e inclusive implicar em ter que remover alguma coisa da lista.

Então, se você não lida bem com pressão essa técnica pode não funcionar, e até mesmo te trazer doses adicionais de ansiedade e insegurança por ter extrapolado o tempo.

Além disso, o cronômetro, por si só, pode te levar a fazer tudo correndo, o que compromete a qualidade das tarefas e te gera cansaço.

Saiba como aplicar a Técnica Pomodoro no seu dia a dia 

Tendo conhecimento das vantagens e desvantagens da Técnica Pomodoro fica muito mais simples definir se vale ou não a pena aplicá-la na rotina.

Mas, se você definiu que lida bem com pressão e realmente precisa de regra na sua rotina, veja a seguir como aplicar a técnica no dia a dia.

1. Determine prioridades 

Embora a Técnica Pomodoro viabilize, por teoria, realizar 2 tarefas por hora, devemos lembrar que nem tudo se resolve em 25 minutos.

Por exemplo, se você tem um trabalho de 20 páginas para entregar, certamente não conseguirá cumpri-lo em 25 minutos.

Por isso, não adianta decidir fazer o trabalho, correr 5km e ir visitar a sua amiga em um bairro distante em um mesmo dia.

Determine prioridades com base nas suas possibilidades, para que assim possa cumprir tudo sem frustrações.

2. Organize as tarefas de forma estratégica

Não adianta definir que vai sequencialmente à feira, tomar banho e ir ao pet shop. Perceba que o “tomar banho” em meio a essas duas tarefas não faz sentido, pois você teria que voltar para casa para depois sair novamente.

Por isso, organize as suas tarefas de forma estratégica, para conseguir cumprir uma após a outra de forma prática e que faça sentido.

3. Lembre-se de ativar o cronômetro 

Na Técnica Pomodoro o cronômetro é muito importante, pois é ele quem te ajuda a cumprir o tempo corretamente. Então, lembre-se de ativá-lo.

4. Marque cada tarefa concluída 

Essa dica serve para te ajudar a manter o ânimo e o foco ao longo do dia. Então, a cada tarefa concluída busque marcá-la para registrar o progresso.

Caso a Técnica Pomodoro faça sentido para você, use-a para reduzir a procrastinação no dia a dia e aumente a sua satisfação pessoal!

Isso pode te interessar: Trabalho híbrido: o que é e quais são as vantagens – Jornal Útil.