Recolocação profissional: o que fazer antes de buscar um novo emprego?

A necessidade de recolocação profissional chega para todos em algum momento da vida, seja pela sensação de estagnação ou pelo ímpeto por desafios.

Anúncios

Então, se você sente-se desanimado ou percebe que a sua carreira poderia estar em níveis mais elevados, talvez seja o momento de agitar as coisas e partir em busca de novidades.

Mas, para que isso realmente funcione é preciso apostar na inteligência, por isso, no material de hoje conversaremos sobre os passos para conseguir uma recolocação profissional. Continue a leitura para conferir!

O que é recolocação profissional?

Quando falamos em recolocação profissional, muitos acreditam que se trata daquele momento comum em filmes onde o protagonista aposta numa mudança brusca de carreira.

Em geral, a situação é sempre um clássico: um vendedor de sapatos se torna um gestor de uma grande rede de lojas, ou um advogado percebe que o seu sonho sempre foi ser médico.

Anúncios

Essas histórias são bonitas e inspiradoras, mas, nos passam uma impressão equivocada, já que recolocação não tem relação direta com mudanças de carreira.

Então, se você é um contador e sente-se frustrado com a carreira, mas ainda assim não deseja abandoná-la, saiba que esse conceito pode funcionar para o seu caso.

Isso porque, a recolocação profissional nada mais é do que a busca por um novo emprego ou por novos desafios profissionais.

Dito isso, sabemos que essa busca gera mudanças, mas, nem sempre essas precisam ser bruscas. Por vezes, apenas procurar um emprego que lhe traga mais conforto já resolve a situação.

Portanto, se você sente que pode atingir patamares mais altos na carreira, ou até mesmo nota que o seu emprego tem te feito infeliz, uma recolocação pode ser a solução ideal.

++Como encontrar vagas de emprego no LinkedIn? – Jornal Útil.

4 sinais que você deve buscar uma recolocação profissional

Começamos este material falando que a necessidade de recolocação profissional chega para todos em algum momento da vida. Mas, como saber se isso está acontecendo?

Acredite se quiser, mas até mesmo aqueles que já atingiram patamares altíssimos na carreira podem ter a necessidade de mudanças.

Isso porque, como já vimos, nem sempre essa necessidade está atrelada a reconhecimento e remuneração. Por vezes, diminuir o ritmo é um baita motivo.

Veremos a seguir 4 sinais de que você deve buscar uma recolocação profissional, para que você entenda se está passando por esse momento da vida.

Você se sente estagnado 

A estagnação é um dos principais motivos para profissionais desejarem a recolocação profissional.

Isso porque, por mais que o salário tenha um papel importante na satisfação profissional, os desafios servem como combustível para a carreira.

Então, se você nota que já fez de tudo que podia no seu emprego, e que não tem oportunidades reais de atingir patamares maiores, pode ser o momento de buscar um novo desafio.

Não observa possibilidades de ascensão no seu emprego 

Muito se fala sobre a necessidade do profissional ser o mais capacitado possível para garantir o seu emprego, mas, não são raros os casos de empresas que não conseguem aproveitar essa capacitação.

Por mais que o colaborador faça, e por melhor que ele seja, oportunidades de ascensão nunca aparecem, e isso costuma estar atrelado à cultura da empresa.

Na maioria dos casos, a resolução do problema está justamente em encontrar uma empresa que necessite da sua capacitação e te ofereça desafios e remuneração compatíveis. Para isso, aposte na recolocação profissional.

Sente-se desvalorizado 

A sensação de desvalorização no ambiente profissional é mais comum do que pensamos, e muitos gestores sequer percebem que estão causando essa impressão em seus colaboradores.

Colegas menos capacitados em cargos maiores, disparidade salarial ou até mesmo exclusão de oportunidades costumam ser os maiores causadores dessa sensação.

Sentimos em dizer, mas, se você está passando por isso, dificilmente expor a sua insatisfação trará melhorias, já que muitos fatores interferem, e não temos controle da maior parte deles.

Então, a melhor saída é apostar na recolocação profissional que te ajudará a encontrar uma oportunidade melhor, que mande essa sensação para bem longe.

Nota que a sua carreira não te faz feliz 

Acima comentamos que a mudança brusca de carreira não costuma ser a principal motivadora da recolocação profissional, mas, isso não significa que isso não possa ocorrer.

Nunca é tarde para seguir nossos sonhos, e se você nota que acabou escolhendo uma profissão que não combina com o seu perfil, a recolocação pode te ajudar.

Não tenha medo e acredite no seu potencial. Independentemente da sua idade ou tempo de carreira, sempre há tempo de encontrar a felicidade na vida profissional.

O que fazer para conseguir uma recolocação profissional?

A esta altura é provável que você tenha plena noção de que precisa de uma recolocação profissional.

Mas, é importante dizer que não basta ter a ideia, pedir demissão do seu emprego e torcer pela mudança. 

Se deseja uma recolocação adequada, deve apostar nas estratégias certas que permitam uma mudança mais certeira e viável. Veja a seguir 3 dicas úteis para esse fim.

1. Aposte em cursos de atualização 

Especialmente se você já está a muito tempo em um mesmo emprego, é provável que precise se atualizar sobre as novas demandas de mercado.

Para isso, aposte em cursos de atualização, já que podem ser feitos em pouco tempo e te prepararão para entrevistas e novos desafios de carreira.

Se você busca por recolocação profissional, comece fazendo uma pesquisa a respeito dos novos desafios da sua profissão para definir quais cursos deve fazer.

2. Elabore um bom currículo e conte com o networking 

O primeiro passo para ir em busca de recolocação profissional é a elaboração de um bom currículo, que te aproxime de oportunidades.

Além disso, aposte no networking para conseguir indicações que favoreçam a busca por um emprego compatível com o seu perfil.

Nesse momento, conte com colegas de trabalho, amigos, familiares e com quem mais queira te ajudar nessa missão.

3. Tenha paciência: as coisas não surgem do dia para a noite 

Muitas pessoas que buscam por recolocação profissional acabam desistindo por perceberem que a procura não está trazendo novas oportunidades.

Mas, devemos entender que esse tipo de mudança requer tempo e paciência, especialmente se você passou muito tempo em um mesmo emprego.

Leva tempo até que você consiga encontrar as melhores oportunidades, realizar os cursos de adaptação, além de obter contatos que te ajudem nessa busca.

Tenha paciência e mantenha a confiança, no tempo certo surgirá uma oportunidade ideal para o seu perfil.

Leia também: Quanto ganha um auxiliar administrativo: conheça a profissão!  – Jornal Útil.