Desenrola Brasil: veja como funciona o novo programa do governo

Você já conhece o Desenrola Brasil? É um novo programa do governo que vai auxiliar pessoas com nome negativado, mas como isso é feito?

Anúncios

Com esse artigo vamos entender mais sobre esse programa e como ele realmente funciona.

O que é o Desenrola Brasil?

Lançado em junho de 2023, o novo programa do Governo Federal, o Desenrola Brasil, foi feito para beneficiar e auxiliar aproximadamente 70 milhões de pessoas com o nome negativado no Brasil.

O programa foi dividido em 2 etapas, as duas primeiras começaram em julho de 2023, realizando a desnegativação de dívidas de até R$100 reais e renegociação de dívidas bancárias.

Enquanto a terceira etapa vai começar em setembro de 2023, buscando auxiliar  devedores que possuem renda de até dois salários mínimos ou que já estão cadastrados no CadÚnico.

Anúncios

Além disso, essas pessoas devem estar com dívidas financeiras ou não que ultrapassam R$5 mil reais, só dessa forma podem participar do programa Desenrola Brasil.

Ele foi criado como uma medida de emergência, em conjunto do Governo e da Secretaria de Reformas Econômicas do Ministério da Fazenda.

Seu objetivo é auxiliar mais de 70 milhões de brasileiros endividados, diminuindo a inadimplência que cresceu muito na pandemia, levando a taxas de juros absurdas.

Entenda mais sobre cada uma das etapas

Segundo o cronograma do Desenrola Brasil, a primeira etapa do programa está prevista para começar em setembro, enquanto a etapa 2 já começou e está vigente desde julho de 2023.

Mas para cada uma das Faixas existem requisitos e condições especiais, veja mais sobre:

Faixa 1

Para participar dessa etapa você tem que receber até dois salários mínimos ou estar inscrito no CadÚnico.

Na Faixa 1 podem participar também pessoas que estão inadimplentes desde janeiro de 2019, até dezembro de 2022, com dívidas bancárias e não bancárias de até R$5 mil reais.

Precisamos mencionar que essa faixa não engloba dívidas de crédito rural, com garantia real ou de financiamento imobiliário!

E para quem está nessa etapa a renegociação das dívidas que se enquadram poderá ser feita no portal gov.br na plataforma do Desenrola Brasil.

Nessa plataforma você poderá ver todas as suas dívidas, descontos e ofertas de renegociação disponíveis.

Se depois que o acordo for feito, o indivíduo for inadimplente de novo, o fundo garantidor vai cobrir essa dívida, nesse caso o credor não precisará ficar esperando.

Mas ocorrida a inadimplência, o nome do devedor volta a ser negativado como estava anteriormente.

Além disso, nessa faixa as dívidas deverão ser quitadas em até 60 meses e sem entrada, contando com uma taxa de juros mensal de 1,99%.

Faixa 2

Já a Faixa 2 é direcionada para quem tem uma renda mensal de até R$20 mil reais, e também que tenha dívidas em bancos, estando inadimplentes até 31 de dezembro de 2022, ou seja, dívidas cadastradas depois disso não são incluídas.

Esse programa já começou e permite que sejam renegociadas dívidas bancárias sem nenhum limite de valor.

Se você tem dívidas que precisam ser renegociadas em bancos, busque diretamente às instituições financeiras como Itaú, Santander ou outras em que a sua dívida esteja vinculada e acesse a renegociação e ofertas diferentes.

Nessa faixa o credor não estará seguro pelo Fundo de Garantia de Operações, mas serão oferecidos incentivos regulatórios.

Para essa etapa, os devedores deverão pagar suas dívidas em até 12 meses, caso contrário seus nomes voltarão para negativados.

Ainda nessa etapa não serão contempladas dívidas de crédito rural, da união e de entidades públicas.

Dívidas de até R$100

Além das duas faixas, o programa também é voltado para devedores com dívidas ativas que sejam de até R$100 reais.

Com essa medida, as pessoas com esse tipo de dívida poderão limpar seu nome de forma mais rápida.

O que acontece é que os bancos não usarão essa inadimplência para colocar os devedores no cadastro negativo, mas não significa que a dívida será perdoada. Ainda é necessário pagá-la para não ter o nome de fato negativado.

Como participar do Desenrola Brasil?

Além de saber o que é e quem pode participar do Desenrola Brasil, é necessário saber o como se participa do programa.

Para quem está na faixa 2 do programa, que começou em julho de 2023, é extremamente fácil começar a participar.

Isso porque as renegociações vão ser feitas diretamente com o banco ou instituição financeira que cadastrou a sua dívida.

Sendo assim, se for necessário você terá que entrar em contato com o banco em questão e seguir os passos necessários para encontrar a aba do Desenrola Brasil.

Nessa aba podem ser encontradas ofertas e descontos referentes às suas renegociações. Lembrando que a etapa 2 é voltada para quem tem salários de até R$20 mil e não têm limite da dívida, mas o pagamento é em até 12 meses.

Já para a Faixa 1, que vai começar apenas em setembro, o devedor precisará fazer um cadastro em um programa específico, que provavelmente ficará no portal gov.br, mas segundo o Ministério da Fazenda a plataforma ainda está em desenvolvimento.

Quais bancos estarão participando?

E se você for participar do Desenrola Brasil, é importante conhecer os bancos que estão participando do programa de renegociações, principalmente se você possui dívida em alguma instituição financeira e se enquadra na faixa 2.

E devemos mencionar que não são todos os bancos e instituições que irão participar desse programa, já que não é algo obrigatório.

Até agora, os grandes e tradicionais do mercado já aderiram, como Itaú, Bradesco, Santander, Caixa Econômica e Banco do Brasil.

Outros bancos que também estão participando do Desenrola são o Inter, Banco Pan, PagBank, Daycoval e Banrisul.

Até mesmo o Nubank e o C6 entraram no programa, e esses bancos são extremamente relevantes e carregam grande parte dos nomes inadimplentes do Brasil atualmente.

Por isso sua participação para as renegociações acaba sendo muito significativa para quem tem o nome sujo.

Sendo assim, com o novo programa do Governo Federal muitos brasileiros terão a possibilidade de limpar seus nomes e obter os benefícios de um nome limpo novamente.