Cálculo rendimento CDI: veja como fazer de uma maneira simples

Você sabe fazer o cálculo de rendimento do CDI? É a partir desse cálculo que um investidor pode entender mais sobre suas margens de lucro e o que tem mais potencial de gerar um bom retorno.

Anúncios

O que é CDI?

O CDI é a sigla usada para Certificado de Depósito Interbancário, mas também pode ser conhecido como Certificado de Depósito Interfinanceiro.

Eles se tratam de títulos emitidos pelo banco ou instituições financeiras, que tem como principal objetivo levar e recolher recursos, melhorando a liquidez do banco para que ele possa fechar o dia com um balanço positivo.

O CDI é uma taxa utilizada para representar a média de operações de empréstimos realizadas entre os bancos, são transações feitas diariamente e com prazos muito curtos, de até um dia útil.

E também é conhecido por ser usado como referência para a remuneração de investimentos, como por exemplo o fundo de investimento.

Anúncios

Qual a importância do CDI para investimentos?

As taxas referentes ao CDI são muito importantes porque podem ser usadas como base para investimentos de renda fixa, como CDB (Certificado de Depósito Bancário), LCIs (Letras de Crédito Imobiliário) e fundos de investimento.

As operações referentes ao CDI são calculadas e divulgadas diariamente pela CETIP, Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos Privados.

O valor é atualizado todos os dias e pode ser consultado sempre que necessário na página oficial da B3, a bolsa do Brasil.

Ele acaba servindo como uma métrica para que seja feita a comparação para avaliação do desempenho dos investimentos de renda fixa onde foi aplicado.

Quando um investimento é capaz de superar de forma consistente a taxa do CDI eles são mais atrativos para investidores.

Como podemos notar, o CDI é fundamental para que se avalie investimentos de renda fixa, servindo como um indicador importante para entender o mercado financeiro no Brasil.

Por exemplo, se um investidor decidir que vai comprar um título de renda fixa pós fixado, ele já tem noção de que sua taxa de rednimento é a taxa do CDI, mas também sabe que ela pode variar até que possa resgatar o dinheiro.

Qual o rendimento do CDI?

O rendimento do CDI é um número que varia diariamente e é calculado usando como base operações de empréstimos realizadas entre os bancos.

Ele acompanha a taxa básica de juros no Brasil, chamada de Selic, quando ela está alta o CDI tende a estar mais alto e vice versa.

No site, o CDI é expresso em formato anualizado com seu rendimento projetado para um ano. Além disso, no site da B3 você encontra os registros e históricos da taxa.

Como fazer o cálculo de rendimento CDI?

Tão importante quanto saber o que é o CDI, é saber como fazer o cálculo de rendimento dos Certificados de Depósito Interbancário.

A média do cálculo é feita pela Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos Privados, chamada de Cetip. E sabendo o valor da taxa de CDI, você consegue calcular a rentabilidade de um investimento que esteja ligado a esta taxa.

Para que seja possível fazer a conta é necessário entender que se o seu banco oferece 100% do retorno do CDI, quando o períod acabar você vai receber todo o valor dessa taxa.

O cálculo é feito da seguinte forma:

Percentual da aplicação x Índice atual da taxa DI x Valor investido / 100

Agora, se você quer saber como é feito o cálculo do CDI mensal, é necessário somar todos os registros diários e fazer a divisão pela quantidade de dias que o mês possui.

Já para o CDI anual, é preciso somar a média da taxa dos meses e dividir pelos meses do ano, 12.

Vale ressaltar que essa taxa de CDI é divulgada de forma anual, então quando fizer o cálculo lembre-se de convertê-la para o período do seu investimento.

Deve-se levar em conta que as insitituições financeiras costumam aplicar taxas em cima do valor bruto, como taxa de administração e outros custos que vão impactar o rendimento líquido.

Então, quando der entrada no seu investimento, analise todas as informações relacionadas e fornecidas pela instituição financeira em que vem aplicando.

CDI e CDB: diferenças

Apesar do CDI e CDB serem termos relacionados e que geralmente se acompanham, mas no mundo dos investimentos eles são coisas diferentes.

O CDI é o certificado de depósito interbancário, ou seja, um título emitido pelos bancos para que eles possam captar recursos entre si e terminar o dia com um balanço positivo.

Ele também é usado como uma referência para operações de emrpéstimos e investimentos de curto prazo no mercado financeiros no Brasil.

Essa taxa é calculada todos os dias e pode ser checada na Cetip (Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos Privados).

Já o CDB, Certificado de Depósito Bancário, é um tipo de investimento de renda fixa, onde o investidor empresta dinheiro para um banco em troca de remuneração.

Assim como o CDI, o CDB é emitido pelos bancos para que eles possam captar recursos.

Seu rendimento pode ser prefixado, em que a taxa de juros é definida no momento que a aplicação é feita, ou pós fixado, ou seja, pode ser atrelado ao indicador da Selic ou CDI.

Ele tem prazo de vencimento definido, então para que o investidor possa retirar seu dinheiro é necessário esperar uma data específica.

Esse investimento é muito popular por ser considerado de baixo risco, já que quando se aplica o investidor conta com o FGC, Fundo Garantidor de Créditos.

O CDI é uma taxa de referência para o mercado interbancário e também é utilizado como guia para investimentos, enquanto o CDB é um investimento de renda fixa em que o investidor empresta dinheiro para um banco e recebe uma remuneração.

Agora que você entende mais sobre o CDI e seu impacto sobre o investimento realizado pelas pessoas do mercado financeiro, pode dar o seu primeiro passo ou continuar os investimentos de renda fixa e obter retornos lucrativos.