Quem tem o bpc pode fazer cartão de crédito?

Questão recorrente para o pensionista é sobre quem tem o BPC pode fazer cartão de crédito. Essa dúvida é muito coerente, uma vez que algumas modalidades surgem com alguns impeditivos. 

Anúncios

No entanto, essa dúvida ainda pode ser esticada para outras questões, afinal, cartões de crédito sempre deixam dúvidas, sobre seus tipos, requisitos e, sobre como os próprios beneficiários do BPC podem ter acesso a um, caso possam.

Portanto, para saber mais sobre as recentes mudanças nas regras do INSS que proporcionaram os empréstimos para BPC e, saber se você que usa o serviço tem acesso a cartões de crédito, continue sua leitura.


Como funciona o cartão de crédito para BPC?

Em primeiro lugar, você deve saber que seu cartão de crédito será consignado. O funcionamento do cartão de crédito para BPC é balizado por lei. Portanto, você que é beneficiário do BPC poderá comprometer até 40% da sua renda mensal como crédito.

No entanto, dentro dessa porcentagem até 35% podem ser destinados para pagamentos de parcelas de crédito consignado e os  outros 5%, serão exclusivos para serviços do cartão de crédito.

Além disso, é interessante afirmar que os 40% também podem ser comprometidos, totalmente, apenas com o cartão de crédito consignado.

Anúncios

Contudo, um fator essencial que você precisa ter em mente é o valor do benefício. Ele é definido com base em um salário mínimo (R$1212,00 em 2022). Portanto, idosos e pessoas com deficiência de baixa renda poderão consignar até  R$484,80 do valor total do benefício.


O que é um cartão de crédito consignado?

Se você é marinheiro de primeira viagem ou está pouco acostumado com modalidades de cartão de crédito diferentes, o cartão de crédito para BPC é muito semelhante ao cartão comum.

Entretanto, ele difere, especialmente, para o grupo de pessoas no qual é destinado. Apenas aposentados, pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), servidores públicos, militares e algumas empresas com convênio têm acesso a ele.

Além disso, os cartões consignados apresentam limites menores, tendo gastos cobrados diretamente da sua fatura mensal – com a data de vencimento escolhida pelo usuário. Portanto, você terá a parcela mensal descontada diretamente da sua conta benefício.

No entanto, há outras regras, algumas funcionando como benefícios, como: juros menores, prazos reduzidos e etc. Fique atento sempre que for fazer um cartão consignado.


Como a lei mudou?

As regras antigas do INSS, os beneficiários do BPC só podiam comprometer até 35% da sua renda com empréstimos consignados ou com cartões de crédito. Enquanto isso,  antes, apenas aposentados e pensionistas tinham acesso ao crédito consignado.

Os beneficiários BPC, agora, possuem os mesmo direitos dos demais beneficiários do INSS, tendo um acréscimo de 5% na porcentagem consignável, atingindo a marca de 40% como você já leu anteriormente.

Portanto, veja essa mudança de leu como um abraço em um novo grupo de pessoas que estavam com poucas possibilidades de novas opções de cartões de crédito. Uma alternativa útil com algumas vantagens para aqueles que fazem parte dos contemplados por ela.


Quem tem o BPC pode fazer cartão de crédito como?

As regras do INSS também instruem o beneficiário BPC a conseguir usar o cartão de crédito consignado. Contudo, é necessário que você atenda a alguns requisitos pedidos pelo órgão, para que assim, sua situação seja identificada como ‘de acordo’.

Esses requisitos exigidos pelo INSS são os seguintes:

  • É necessário que você seja um cidadão brasileiro nativo ou naturalizado. Contudo, o benefício também está disponível para os cidadãos portugueses que possuem residência no Brasil;
  • Você também deverá possuir uma renda per capita familiar (toda a sua família) igual ao inferior a ¼ de um salário mínimo vigente. Em 2022 o valor do salário mínimo é de R$1212,00, portanto, o quarto desse valor é entre R$303 e R$606 por pessoa;
  • Você, como requerente, e todos os demais membros da sua família precisam estar cadastrados  no Cadastro Único, conhecido como CadÚnico e, precisa ter sido atualizado nos últimos 2 anos;
  • Você como pessoa portadora de deficiência, ou algum parente seu que possua alguma, deverá ser submetido à perícia médica do INSS de acordo com o seu caso.

Uma vez passando por todas as etapas dispostas, você estará apto a ter o seu cartão de crédito para BPC. No entanto, é importante que você esteja atento às regras de juros e possa quitar suas parcelas, pois há sempre o risco de endividamento. Cuidado.


Conclusão

Em resumo, para você que quer saber se quem tem o BPC pode fazer cartão de crédito, a resposta é claramente que sim.

No entanto, há requisitos que devem ser seguidos e, só quando cumpridos à risca, você terá acesso a ele. Outro detalhe é que, de forma parecida ao empréstimo para BPC, você tem acesso a apenas uma porcentagem de um valor pré determinado.

Além disso, você precisa levar em consideração, não apenas que um cartão de crédito é mais um prospecto a dívidas, uma vez que não se paga uma parcela, você começa a pagar juros.

E isso se intensifica quando a modalidade de cartão de crédito oferecida para beneficiários do BPC é o consignado, que possui prazos mais curtos e podem complicar seu orçamento, seja individual ou familiar.

Portanto, fique atento às suas opções e, se for realmente necessário fazer uso dessa modalidade de cartão de crédito, faça com cuidado pois as dívidas são problemas muito complicados de se lidar.


Escrito por Rodrigo Carvalho

Publicitário e Redator que gosta de escrever sobre tudo.