Conta salário – Entenda o que é e como funciona

Conta salário como o próprio nome nos indica, é usada para receber a remuneração, além de pensão, aposentadoria, décimo terceiro salário e abono.

Anúncios

Mas, é importante destacar que receber o salário em uma conta, não a torna uma conta salário.

Ou seja, os valores podem ser recebidos em uma conta corrente comum, seja ela digital ou não, bem como a conta poupança, dependendo da exigência da empresa.

Mas, a conta em que se recebe o salário tem alguns diferenciais como a gratuidade nas tarifas.

Caso a instituição insista na cobrança de tarifas, será obrigada a ressarcir os valores descontados de forma indevida e pode ser condenada ao pagamento de danos morais. Você pode entender mais sobre o tema ao clicar aqui.

Quais as vantagens da conta salário?

Assim como mencionamos na introdução, a proibição da cobrança de tarifas é uma vantagem aos clientes.

Anúncios

Além disso, há maior segurança porque o valor da conta pode ser retirado somente em caixas 24h, além de agências bancárias.

Para a abertura, não é consultado nenhum órgão de proteção ao crédito, ou seja, negativados podem ter a conta salário.

Por fim, os clientes com este tipo de conta podem efetuar compras com o cartão de débito.

Mas, quando falamos acerca das desvantagens, entenda que ocorre grande limitação de serviços.

Por exemplo, a quantidade de extratos ou de saques mensais é limitada.

Também não há autonomia porque o cliente não pode fazer a abertura ou o encerramento sozinho, sendo que a conta está sempre vinculada à empresa a qual trabalha.

Pode deixar dinheiro na conta salário?

Por outro lado, devemos esclarecer que não há problema algum em deixar dinheiro neste tipo de conta.

Assim, você não precisa se preocupar porque o banco não toma o dinheiro caso você não transfira para outra conta ou gaste com o uso do cartão de débito.

O banco tem o direito de usar o valor somente para o pagamento de dívida que é descontada na fonte.

No entanto, tenha em mente que o dinheiro fica parado.

Isto é, não há nenhum tipo de rentabilidade, por isso, não é um bom cofrinho.

Quem pode fazer a abertura?

Somente o empregador tem o direito de abrir a conta salário em nome do seu funcionário.

Isso significa que a conta é da empresa?

Não! A conta é sua e dá para gerenciar o valor da forma que preferir, embora a abertura seja feita pela empresa em que você trabalha.

Dessa forma, a empresa envia uma carta de recomendação, que o trabalhador apresenta no ato de abertura da conta.

Portanto, os documentos pessoais do trabalhador, incluindo comprovante de residência, também devem ser apresentados.

Tendo em vista que este tipo de conta é comum em bancos tradicionais, geralmente o funcionário precisa visitar a agência a fim de enfrentar o processo de abertura.

Qual a diferença da conta salário para conta corrente?

É importante caracterizar esta conta da seguinte forma:

Somente um depósito pode ser feito pelo empregador: o salário.  No caso do benefício de aposentadoria ou pensão, o INSS faz o depósito.

O valor pode ser sacado em guichês ou caixas eletrônicos, bem como dá para transferi-lo totalmente para a conta corrente em outra instituição e de forma gratuita.

Mas, existem limitações como a impossibilidade de fazer movimentações com cheques, ter cartão de crédito ou fazer aplicações.

Só é permitido um titular por conta e somente o empregador pode fazer o encerramento da conta.

E agora para entender as diferenças entre conta salário e conta corrente, vamos falar da segunda opção que tem uma quantidade maior de serviços e operações:

Investimentos, aplicações, depósitos, saques, pagamentos e uso do talão de cheque são alguns benefícios da conta corrente.

Logo após realizar a análise de crédito, o banco pode disponibilizar o cartão de crédito, sendo que o limite é definido conforme o seu perfil.

Dá para ter mais de um titular, uma vantagem para o pai que gostaria de abrir e gerenciar uma poupança para o seu filho menor de idade, tal como um casal que pretende ter uma conta conjunta.

O cliente encerra a conta no momento em que preferir, pode gerenciar com o uso do seu celular pelo aplicativo, bem como confere os benefícios de um programa de recompensas.

Mas, tendo em vista uma quantidade maior de serviços oferecidos, é possível que ocorra a cobrança de tarifas na conta corrente.

Como funciona a portabilidade de salário

A portabilidade é uma alternativa para os clientes que optam por não usar conta salário.

Por meio deste processo, você, funcionário de empresa privada ou pública, pode definir o banco em que quer receber a remuneração mensal.

Nesse sentido, o recurso é transferido da instituição que abriu a conta salário para a conta-destino desejada.

Ou seja, o funcionário não é obrigado a usar os serviços da instituição com o qual a sua empresa tem convênio.

Portanto, a portabilidade é solicitada uma única vez e no dia do pagamento o valor é depositado na conta escolhida.

Além disso, você não paga nada por este serviço!

Então o que é necessário para fazer a portabilidade?

Durante o processo de solicitação de portabilidade, você deve informar o CNPJ da companhia, razão social da empresa e instituição em que tem a conta salário.

Assim, antes de iniciar o processo, indicamos que você veja o seu demonstrativo ou folha de pagamento para obter as informações acima.

Este tipo de informação geralmente se encontra na parte de cima do documento, juntamente com os seus dados.

É importante se certificar porque caso alguma informação incorreta seja enviada, o processo de transferência de recursos pode ficar mais demorado.

Depois de reunir as informações, basta entrar em contato com o banco em que você tem uma conta e pretende receber o seu salário mensalmente.

Este processo é bem simples e pode ser feito pelo aplicativo ou site do banco escolhido.

Conclusão 

Por fim, vale esclarecer a seguinte dúvida:

A conta salário vale a pena?

Na verdade, qualquer serviço financeiro vale a pena quando consideramos o público ideal.

Por exemplo, este tipo de conta é voltada aos clientes que fazem poucas transferências ao mês, não pretendem ter um cartão de crédito e não fazem investimentos.

Ou seja, é uma alternativa de conta descomplicada para quem pretende simplesmente receber o seu salário e pagar as despesas cotidianas.

Caso o seu comportamento for o oposto, a conta não é indicada porque provavelmente uma conta corrente poderá atender plenamente às suas expectativas.

Sendo assim, caso ainda tenha dúvidas, basta verificar as vantagens e desvantagens de cada tipo de conta.

Aquela que melhor atender às suas necessidades, é a ideal.

Escrito por Luciana Sampaio

Entusiasta de novas tecnologias e da escrita, encontrou no Jornal útil a oportunidade de escrever sobre temas do seu interesse que englobam o mercado financeiro.