Banco Digital N26: a chegada do banco alemão no Brasil

O banco digital N26 chega ao Brasil trazendo quase dez anos de tradição e sucesso na Europa e nos EUA. Agora ele chega às terras brasileiras prometendo conquistar seu espaço.

Anúncios

Acompanhe essa conversa para ficar por dentro desse novidade!


O que é o Banco Digital N26?

Primeiramente, você deve saber que o Banco Digital N26 é uma fintech. Isso quer dizer que ele é uma instituição financeira que atua através de plataformas digitais. Fazendo dela uma espécie de banco sem agência física, como os bancos mais tradicionais.

Agora, de onde vem ele? O Banco digital N26 nasceu na Alemanha em 2013 e de lá até 2019 cresceu e se tornou o segundo maior banco do país – atrás apenas do Deutsche Bank, e uma das instituições financeiras mais conhecidas de toda a Europa.

Em 2019, é decidido que haverá uma expansão e o N26 deve seguir para os Estados Unidos e, posteriormente, vir para o Brasil. Então, em 2021, após entrar no mercado de 25 países, o N26 chegou ao Brasil, tornando-o o vigésimo sexto país a tê-lo.

Desse modo, com essa posição tão representativa, o N26 chega ao país com a proposta de não ser uma fintech a mais. Ele chega com a ideia de ser um fincare, uma instituição financeira que quer somar com os clientes brasileiros e os ajudar.

Anúncios


Quem tem acesso ao banco digital N26?

Antes de tudo, o N26 está atualmente em uma fase de testes, portanto, apenas um número bem reduzido de usuários estão ativos na plataforma do banco digital. Chegaram até esse número após a abertura para inscrições para este teste, no final de 2021.

Mais de 24 mil pessoas se candidataram, mas apenas 2 mil foram escolhidas para esse período de testes.

Contudo, ainda o lançamento para os demais usuários está previsto ainda para o primeiro semestre de 2022. O CEO do N26 projeta um futuro com 100 milhões de usuários, hoje em dia, a fintech já conta com mais de 7 milhões.


O que esperar do N26?

Enquanto em seu momento de testes, o banco digital N26 procura aplicar algumas ferramentas novas, como o Space. Ferramenta que promete criar espaços para você dividir seu dinheiro, em subcontas dedicadas a faturas de contas específicas.

A proposta visa criar uma forma mais prática de se controlar os gastos e, assim, evitar que  o cliente fique inadimplente e crie dívidas.

Contudo, baseando-se na pesquisa enviada para os usuários brasileiros, você pode esperar algumas, ou todas, essas funcionalidades para o N26:

  • Depósito via boleto bancário;
  • Recarga de celulares;
  • Depósitos nos caixas de bancos parceiros;
  • Transferência bancária internacional com a parceria do TransferWise (envio e recebimento);
  • Débito automático;
  • Portabilidade de salário;
  • Cartão de débito, crédito e virtual;
  • Programa de fidelidade e/ou cashback;
  • Gerenciador financeiro integrado à conta-corrente;
  • Descontos e parcerias;
  • Ferramentas de investimentos;
  • Empréstimos e financiamentos.

Certezas sobre o N26

A princípio, o que você pode esperar que se concretize aqui no Brasil são os pacotes disponíveis para o banco digital N26.

Na europa e nos EUA você encontra três tipos dele: pacote N26, pacote Black e o pacote Metal.

O primeiro, é o pacote gratuito, sem taxas e anuidade. Ele terá menos serviços, mas estará isento de cobranças, enquanto os outros dois agregam serviços extras e custos mensais para a manutenção de conta.


Conclusão

O banco digital N26 está apostando no Brasil e vem com propostas ainda pouco difundidas, mas que parecem ser muito positivas para seus clientes. Portanto, pode ser uma boa ideia ficar de olho nele e acompanhar os próximos meses para mais informações.

Quanto maior a concorrência e novas opções, mais receptivo se torna o mercado. Portanto, há muito o que se torcer para o N26!


Escrito por Rodrigo Carvalho

Publicitário e Redator que gosta de escrever sobre tudo.