Tipos de financiamento – Principais opções

Para entender quais os tipos de financiamento, é interessante que você saiba como funciona este serviço no geral:

Anúncios

Financiamento é uma operação financeira na qual uma instituição financeira ou banco disponibiliza recursos para uma pessoa física ou jurídica, sendo que o valor é investido em algo específico.

Assim, é necessário que o banco saiba qual será a aplicação do valor de forma prévia.

Portanto, o financiamento se diferencia do empréstimo porque os recursos devem necessariamente ser investidos do modo acordado em contrato.

Entenda a seguir quais os principais tipos:

Tipos de financiamento – Imobiliário 

Esta operação é feita com o intuito de obter imóveis.

Anúncios

Nesse sentido, você compra o seu bem, para que em seguida venha devolver o valor em parcelas mensais para o banco que concedeu o crédito.

Estas parcelas contêm juros e correção.

Com relação aos benefícios, entenda que o prazo de pagamento é enorme (até 35 anos), bem como as taxas de juros são inferiores.

Dessa forma, o imóvel pode estar ainda em construção, planta, tal como, ser usado ou novo, sendo que as instituições costumam cobrir até 90% do valor.

Ou seja, este exemplo de tipos de financiamento exige uma entrada.

Vale destacar que o processo pode ser feito de duas formas:

A primeira seria por uma carta de crédito que você consegue solicitando o financiamento ao banco pelo seu perfil, sem ainda ter definido o imóvel.

Em segundo lugar, dá para financiar um imóvel que já foi escolhido, processo no qual tanto o bem quanto o seu perfil são considerados.

Por isso, note que o segundo tipo é o mais comum.

Em contrapartida, podemos evidenciar o Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

Este é um programa do governo que tem por objetivo principal dar acesso à bens imobiliários, sendo que o financiamento é feito por meio da Caixa Econômica Federal.  

Como resultado, iniciativas como Minha Casa, Minha Vida fazem parte do SFH.

Veículo 

Ainda falando sobre os tipos de financiamento, vale destacar o mais comum do nosso país: financiamento de veículos.

Caso você pretenda comprar um caminhão, moto ou carro, porém não tem dinheiro e precisa fazer um parcelamento mais longo, este é o financiamento pra você!

Também é importante dar um valor de entrada, para que em seguida, venha pedir ao banco ou fintech, o restante.

Assim como o financiamento de imóvel, para financiar o seu veículo, também há duas opções principais:

Em primeiro lugar, existe o Crédito Direto ao Consumidor (CDC), em que o documento da sua moto ou carro é emitido em seu nome.

Portanto, em um campo de observação é informado de que o bem foi obtido por meio de um financiamento.

Por outro lado, há o Arrendamento Mercantil ou Leasing, no qual o veículo é do banco até que o contrato acabe.

Isto é, o documento fica em nome da instituição até que a dívida seja quitada.

Estudantil ou universitário

Outro exemplo de tipos de financiamento seria a opção voltada somente para os estudantes de curso superior.

Assim, somente indivíduos que não conseguem arcar com o pagamento das mensalidades de seus estudos, podem solicitar este tipo de financiamento.

Geralmente, há duas alternativas principais:

Inicialmente, dá para obter financiamento privado, sendo que é contratado em uma empresa especializada neste tipo de operação ou banco.

Além disso, o financiamento universitário pode ser público, por isso, é concedido pelo governo através do Fundo de Financiamento Estudantil, o FIES.

Para entender as condições e requisitos, basta visitar o site do programa.

Tipos de financiamento – FINAME

O Fundo de Financiamento para Aquisição de Máquinas e Equipamentos Industriais foi desenvolvido no ano de 1964 pelo Decreto nº 55.275.

Bem como o próprio nome nos indica, o intuito é de atender financiamentos das operações de venda e compra de equipamentos e máquinas de fabricação brasileira.

Há 3 opções deste exemplo de tipos de financiamento:

A primeira é a de “Credenciados” que possibilita a compra de bens nacionais e novos como os equipamentos, máquinas, bens de informática e automação industrial, além de caminhões e ônibus.

Com o “FINAME Materiais”, empresários e lojistas são capazes de renovar os estoques com a compra de matéria-prima para a produção de bens industrializados ou materiais de construção e produtos prontos para revenda.

Por fim, o “Baixo Carbono” permite o financiamento de painéis e placas solares, aquecedores e geradores eólicos ou solares.

Aliás, dá para financiar ônibus, caminhões híbridos, biocombustível, gás e a tração elétrica.

Por fim, os equipamentos e máquinas que reduzem a emissão de carbono na atmosfera, podem ser financiados.

Conclusão dos tipos de financiamento

Além dos tipos que mencionamos ao decorrer do conteúdo, há outros como o financiamento de projetos.

Portanto, note que as opções são diversas.

Além disso, citamos de forma sucinta sobre as opções dentro de cada financiamento como o SFH que pertence ao financiamento de imóvel.

Isso significa que você deve seguir pesquisando acerca das opções que mais chamaram a sua atenção para entender qual a melhor em seu caso.

Escrito por Luciana Sampaio

Entusiasta de novas tecnologias e da escrita, encontrou no Jornal útil a oportunidade de escrever sobre temas do seu interesse que englobam o mercado financeiro.