Crédito pessoal Crefaz – Saiba quem pode obter

O primeiro grande benefício do Crédito pessoal Crefaz seria o uso livre.

Anúncios

Isso significa que você pode aproveitar o dinheiro extra para iniciar um novo negócio ou colocar as finanças em ordem porque a família cresceu.

Portanto, a empresa entende que nem sempre você está pronto para novas etapas e por isso, precisa de empréstimo sem burocracia.

Conhecendo a empresa

Inicialmente, saiba que a Crefaz é uma empresa jovem, tendo em vista que nasceu no ano de 2013.

Basicamente, o dono deste negócio identificou a necessidade de melhorar o microcrédito em nosso país.

Portanto, começou a ajudar as pessoas a ter acesso a crédito pessoal de forma simples para que elas fossem capazes de alcançar seus sonhos.

Anúncios

Assim, a estratégia foi bem-sucedida, sendo que hoje, a empresa não oferece somente o Crédito pessoal Crefaz.

São mais duas opções de empréstimo para que os clientes consigam lidar com os imprevistos da vida ou realizem um grande sonho.

Mas, saiba que o dinheiro não precisa ser necessariamente usado para quitar dívidas.

Investir em um grande projeto como a reforma da sua casa, pode ser a realização de um sonho.

Também é importante destacar que os pequenos empresários podem solicitar para sustentar suas famílias e negócios, impulsionando a economia do Brasil.

Principais diferenciais do crédito pessoal Crefaz

  • Dinheiro na conta rapidamente após a aprovação;
  • Opção simples e segura;
  • Valor de R $400 a R $10 mil que pode ser usado da forma que você preferir, seja para reforma, viagem, estudos ou pagamento de dívidas.

Quem pode obter?

Em primeiro lugar, saiba que a empresa solicita um documento de identificação como RG, CPF, CNH ou Carteira de Trabalho.

Bem como, é preciso apresentar o comprovante de residência, de renda e o comprovante de tempo de atividade (caso seja funcionário de uma empresa pública ou privada).

E além do público trabalhador, saiba que somente os aposentados e pensionistas podem solicitar o Crédito pessoal Crefaz.

Sendo assim, a idade limite é de 21 a 84 anos e o cliente também precisa ter uma conta bancária em seu nome.

Este último requisito é fundamental, tendo em vista que a empresa não deposita o valor em conta de terceiros.

Escrito por Luciana Sampaio

Entusiasta de novas tecnologias e da escrita, encontrou no Jornal útil a oportunidade de escrever sobre temas do seu interesse que englobam o mercado financeiro.